Festa imponente na S. Silvestre de Braga

Partida da S. Silvestre (foto RunPorto.com)

As ruas da cidade dos Arcebispos encheram-se esta noite com os muitos participantes que, apesar do frio que se fazia sentir, correram e caminharam iluminados pelas decorações de Natal, na 40ª edição da S. Silvestre de Braga.

A Praça da República, com a sua imponente árvore de Natal, serviu de palco para os pontos altos da prova que se dividia em duas distâncias: uma corrida de 10 km e uma caminhada com 5,7 km, sem fins competitivos, tendo o tiro de partida ficado a cargo da Vereadora do Desporto, Sameiro Araújo, treinadora das equipas de meio-fundo do Sporting de Braga, que nos anos 80 e 90 venceram várias competições europeias, em estrada e corta-mato.

Pódio masculino

Nesta edição da S. Silvestre de Braga, a chegada foi um momento marcante, com os primeiros atletas a cortarem a meta em sprint final. Hugo Almeida (S. C. Braga) foi o grande vencedor da prova a terminar aos 29:51, imediatamente seguido por António Pedro Rocha (Águias de Alvelos), com o mesmo tempo, e Luís Saraiva (S. C. Braga), com 29:51, a fechar o pódio masculino.

Pódio feminino

A chegada feminina foi igualmente emocionante. A grande favorita à partida, Filomena Costa (A. C. D. Jardim da Serra), foi também a mais rápida a terminar a prova, com 33:49, seguindo-se Silvana Dias (S. L. Benfica), com 34:22, e Marta Martins (S. C. Braga), com 34:54, em 2.º e 3.º lugares respectivamente.

Ao completar a sua 40ª edição, a S. Silvestre de Braga é um evento com muita tradição e carisma na cidade e este ano estabeleceu um novo recorde de chegados à meta na distância de 10 km.

Resultados provisórios na página oficial da prova na RunPorto.com.

Fonte: texto e fotos de comunicação da Runporto.com