Inês Henriques e João Vieira não desarmam na marcha atlética

Inês Henriques (foto de arquivo)

Inês Henriques e João Vieira confirmaram o seu favoritismo carimbando os títulos de campeões de Portugal de 35 km marcha atlética, em prova que decorreu hoje em Porto de Mós.

A campeã e recordista mundial, regressada ao local onde estabeleceu o primeiro recorde mundial de 50 km marcha atlética feminina, cumpriu com os seus objectivos, fazendo a prova num ritmo bem rápido, bisando o título do ano passado com a marca de 2.45,51, quase cinco minutos menos que a marca do ano passado. Na segunda posição chegou a benfiquista Mara Ribeiro, que fez 3:02:29 horas (marca de qualificação para os 50 km marcha do Campeonato do Mundo de Nações em Marcha Atlética). Ainda nesta distância, a veterana Sandra Silva, do CF Oliveira do Douro, foi terceira com 3:28:21, em tempo de passagem para a prova de 50 km, que terminou em 5:08:13 horas, sendo a segunda portuguesa nesta última distância.

João Vieira, o “papa títulos”

Na prova masculina, João Vieira, do Sporting, que até aqui coleccionava 44 títulos de campeão de Portugal em múltiplas distâncias, cortou a meta em 2:38:18 horas, renovando o título obtido no ano passado, agora superando a sua marca de então em 22 segundos. Neste seu 45º título, ficaram dois benfiquistas, Miguel Carvalho (2:41:36) e Miguel Rodrigues (2:43:39), com os três a superaram a marca de qualificação para os 50 km marcha do Mundial de Nações, competição que se disputa em Taicang, na China, a 5 e 6 de maio.

Já nos 50 km marcha, o veterano Pedro Isidro foi o mais forte, completando a distância em 4:11:25 horas, seguindo-se Cristiano António, do Juventude Vidigalense, com 4:39:56 e Luís Silva, do Leiria Marcha Atlética, com 4:44:11 horas.

Nesta prova, o Benfica foi o campeão colectivo.

Boas marcas em juniores

Nos juniores femininos, Joana Pontes, do GA Casais do Vento, venceu os 10 km em 50:27 minutos, que também ultrapassa a marca de qualificação para o Campeonato do Mundo de Nações em Marcha Atlética, enquanto em masculinos a vitória pertenceu a Paulo Martins, do Sporting, com 45:45 minutos, a apenas 45 segundos para qualificação para o Mundial de Nações.

Resultados completos na página da FPA.