Em Doha, Elgoybar e Edimburgo… portugueses correm lá fora

Mónica Silva em Doha (foto facebook da atleta)

Embora em solo lusitano se realize o Campeonato Nacional de Estrada, em Oeiras, há portugueses que competirão noutras paragens.

Já amanhã, de madrugada (3h30 de Portugal), terá lugar a meia maratona de Doha, que terá a participação da portuguesa Mónica Silva, uma das atletas em destaque na competição, que tem como maior estrela o britânico campeão mundial de 10.000 m, Mo Farah.

Farah, recordista europeu em meia-maratona, escolheu a meia de Doha, numa preparação para a maratona de Londres, que incluirá ainda uma meia maratona na capital londrina no mês de Março.

Outras das figuras presentes no Qatar, amanhã, é o espanhol Ayad Lamdassem.

Jessica e Catarina em Elgoybar

Depois, já no domingo, em Elgoybar, um dos crosses de maior prestígio na Europa, que comemorará a sua 75ª edição, estarão presentes mais portugueses. Destacadas na conferência de imprensa da organização, as sportinguistas Jessica Augusto e Catarina Ribeiro, enfrentarão na principal corrida feminina, a favorita Ruth Jebet (Barhain), a campeã olímpica de 3.000 m obstáculos; a queniana Lilian Kasait Rengeruk, bronze nos mundiais de crosse de 2017; e a espanhola Trihas Gebre. Ana Mafalda Ferreira também está nas inscritas (acontecendo o mesmo no nacional de estrada)

Já nos homens, o nome mais sonante é o do queniano Conseslus Kipruto, campeão olímpico e mundial de 3000 m obstáculos, o seu compatriota Leonard Lomon, vencedor por três vezes em Elgoybar; o etíope Abadi Hadis, bronze no mundial de crosse do ano passado. Do Sporting estão inscritos Nuno Lopes, Paulo Pinheiro, Pedro Ribeiro e Ruben Pessoa.

Estarão ainda presentes vários outros atletas portugueses na corrida Sub20: Bernardo Pessoa, Filipe Lopes, Filipe Magalhães, Martim Monteiro e Ruben Sousa, em masculinos, e Beatriz Rodrigues, Edna Vidigal, Laura Taborda, Mariana Castanheira, Sara Duarte e Soraia Tavares, em femininos.

Recorde-se que, na sua longa história, o Crosse Juan Muguerza conheceu quatro triunfos portugueses, dois masculinos, por Carlos Lopes (1982) e Ezequiel Canário (1985), e dois femininos, por Fernanda Ribeiro (1995) e por Sara Moreira (2011). 

Ezequiel Canário será um dos antigos vencedores que estará presente na competição, em merecida homenagem.

Esta competição, segundo anunciam os seus organizadores, poderá seguir-se em directo no YouTube, no canal de Elgoibarko Udala

Mariana Machado na selecção da Europa

Entretanto, também no domingo, será vez de se disputar o Crosse de Edimburgo, prova que tem a aliciante duma competição colectiva entre as selecções da Europa, dos Estados Unidos, e da Grã-Bretanha.

Na selecção europeia estreia-se a jovem minhota Mariana Machado. Filha de Albertina Machado, e tal como a mãe, treinada por Sameiro Araújo, a atleta do Sporting de Braga estará numa competição recheada de nomes grados do meio-fundo internacional, como o norte americano Leonard Korir, os turcos (pela equipa europeia) Aras Kaya e Yasemin Can, e a britânica Laura Muir, que no passado domingo correu os 3000 m, em Glasgow, na pista coberta, em 8.37,21.

Quem tiver essa possibilidade, poderá ver as provas através da BBC.