Trans GranCanaria para 4000 mil

Uma prova extrema (foto da organização)

O trail internacional vive um momento alto em Espanha, com a realização das provas do Trans GranCanaria 2018, uma competição com seis distâncias, que começou ontem e que terminará no próximo domingo.

A prova mais duradoura a Trans 360º, de 269 km, tem 72 participantes e um dos atletas destacados é o português Pedro Batista. Esta prova teve o seu início na manhã de ontem e tem um tempo limite de 101 horas. Pedro Batista, na manhã de hoje, tinha percorrido 108 km, numa altura em que o líder, Peter kienzl, já tinha percorrido 171 km.

Depois, existem provas nas distâncias de maratona (42 km), que tem o seu desenrolar amanhã, a partir das 09 horas, e bem mais tarde, às 23horas, será a partida da Trans GranCanaria de 125 km, onde estará o português Armando Teixeira, outro dos atletas destacados pela organização.

O dia de sábado é destinado às outras distâncias, com as partidas das provas a decorrerem às 8 horas (30 km, starter), 8.30 (17 km, promo/família) e 9 horas (64 km, advanced).

Esta última distância (64 km), é a prova que acolhe o Campeonato de Espanha de trail, onde participará ainda o português André Rodrigues, e que este ano terá especial visibilidade, graças à presença dos melhores especialistas espanhóis, como Pablo Manuel Villa e Efrén Segundo, mas também pela participação de atletas famosos na alta competição, como o campeão da Europa de 10.000 metros em Munique 2002, Chema Martínez, e do duplo (2011 e 2017) campeão de Espanha de maratona Pablo Villalobos.

Todas as informações desta prova, que tem mais de 4000 participantes (1052 na corrida de 125 km), o seu acompanhamento em direto e streaming, podem ser seguidos na página oficial.