Velocistas e barreiristas franceses em estágio algarvio

Christophe Lemaitre no Algarve

Para evitar uma época alta (mês de Abril) no centro de alto rendimento de Vila Real de Santo António, a França antecipou-se e terminou hoje um estágio de 10 dias nas instalações algarvias.

Sendo um dos mais conceituados e procurados na Europa, o centro de alto rendimento de Vila Real de Santo António, em parceria com as facilidades hoteleiras de Montegordo, as instalações de treino e competição, aliadas às habituais boas condições climatéricas, torna-se um momento ideal para juntar as formações.

Por isso, o sector de velocidade e barreiras da federação francesa de atletismo marcou para ali um estágio e concentração de esforços com cerca de uma centena de pessoas, entre atletas, treinadores, médicos e fisioterapeutas.

90% dos convites foram aceites

Aproveitando uma época específica de final de temporada de inverno e o início do ciclo de preparação para a época de verão, o responsável pelo sector, Benjamin Crouzet, em declarações ao site oficial da FFA, mostra-se satisfeito “por 90% das pessoas convidadas terem aceite este convite”.

E não faltaram as principais estrelas francesas, como Christophe Lemaitre, Jimmy Vicaut, Pascal Martinot-Lagarde, Mamadou Kasse Hann, Carolle Zahi, Floria Gueï, ou os promissores Wilfried Happio, Solène Ndama e Ludovic Payen.

Depois de três dias consagrados às estafetas, os atletas dedicaram-se aos seus planos individuais e os treinadores participam ainda em diversas reuniões de trabalho e formação.

João Correia na zona coberta, com atletas franceses por perto

Atletas paralímpicos também em estágio

Entretanto, em Vila Real de Santo António, também estão a estagiar alguns atletas paralímpicos, entre os quais o britânico David Weir, o vencedor da meia maratona de Lisboa e que está a preparar a sua participação na Maratona de Londres, em 22 de Abril, e ainda o português João Correia.