Estágio de marcha no Algarve

Marchadores e treinadores presentes no estágio

Nas Açoteias decorre um estágio de marcha atlética de sector que integra ainda os elementos que participarão no Campeonato Mundial de Nações, no qual Portugal apresentará 12 atletas. Dessa dúzia apenas João Vieira, um dos elementos da equipa masculina para os 20 km, não está no estágio, em virtude de ser pai há alguns dias.

Carlos Carmino a falar com os jornalistas

Carlos Carmino, técnico nacional de marcha, que está a coordenar o estágio, realça a “juventude da representação nacional que configura um esforço de renovação da modalidade”, não tendo “expectativas de conseguir resultados de relevância colectiva”. Já individualmente, o técnico acredita que os elementos mais experientes “poderão fazer a diferença e conseguir resultados de destaque, nomeadamente Inês Henriques, nos 50 km marcha, Ana Cabecinha, nos 20km, e João Vieira na mesma distância”.

A aposta em atletas juniores, nomeadamente a equipa feminina, “reforça a disposição de poder dar a oportunidade às atletas de ganharem experiência para competições futuras e poderem observar a competição da equipa principal, pois poderão lá chegar”.

Inês Henriques em boa forma

Regressada de mais uma sessão de treino, Inês Henriques manifestou o seu agrado pelo momento de forma que atravessa. “O resultado obtido em Rio Maior, com uma excelente marca dá ânimo para competir em bom nível em Taicang!”, afirmou a atleta de Rio Maior que, pela primeira vez correrá a distância com uma “multidão” de 33 mulheres. “Comecei sozinha, depois no Mundial já foram sete agora já são 33 inscritas. Isso é excelente e é um bom tónico para valorizar a disciplina para a sua inclusão nos Jogos Olímpicos”, afirmou a ribatejana.

Atendendo à maior concorrência, Inês Henriques acredita que, “se as condições climatéricas forem favoráveis, será possível fazer melhor ou seja, bater o meu próprio recorde mundial”. Porém, a atleta afirma que não sabe ainda como irá enfrentar a prova. “Eu e o meu treinador (Jorge Miguel) vamos definir a estratégia, mas tenho sempre os meus objetivos em mente, sem a preocupação com o que as outras atletas possam fazer. Nestes últimos tempos ele tem dito para eu ser simplesmente… a Inês”, concluiu a atleta com um sorriso rasgado.

Ana Cabecinha e Inês Henriques no estágio

Ao seu lado estava Ana Cabecinha, que iniciou a época mais tarde, o que causou também um atraso no alcance de resultados, “mas os indicadores que temos é de que eles estão agora em condições de sair”.

Sendo agora a atleta mais experiente, “a mais velha quer dizer, e ainda há pouco tempo era a Benjamin da equipa!”, a atleta de Pechão tem a “responsabilidade de transmitir a estas jovens os valores que nos nortearam e que trouxeram bons resultados para o nosso país”.

Colectivamente, a atleta refere que “há que ser realista. Não vamos lutar por medalhas em termos de equipa, mas é sempre bom termos uma equipa a representar o país.

Individualmente, tendo a consciência de que “há atletas que já conseguiram boas marcas e que serão difíceis de bater”, Cabecinha acredita no trabalho feito e afirma que “tudo pode acontecer. Sinto-me em forma e se naquele dia estiver bem, qualquer resultado pode sair”, adiantando ainda que a experiência contará bastante. “Conheço bem o percurso, onde há quatro anos fui feliz, porque além do oitavo lugar fiquei a três segundos do recorde nacional e na China tenho conseguido bons resultados”, disse a atleta, recordando o oitavo lugar conquistado nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008 e o quarto no Campeonato do Mundo, também em Pequim, em 2015.

Porém, estando motivada, a atleta treinada por Paulo Murta, espera conseguir em Taicang “um resultado e uma marca motivadores, para encarar o principal desafio que é o Campeonato da Europa”, concluiu.

A equipa nacional

Fazem parte da representação nacional os atletas Inês Henriques (que participará nos 50 km marcha femininos), Pedro Isidro (50 km marcha masculinos), Ana Cabecinha, Edna Barros e Mara Ribeiro (20 km marcha feminino), João Vieira, Miguel Carvalho e Miguel Rodrigues (20 km marcha masculinos), Joana Pontes, Inês Reis e Maria Bernardo (10 km marcha juniores femininas) e Paulo Martins (10 km marcha juniores masculinos).

Parte da equipa recupera do treino na piscina

Os atletas seleccionados cumprem um estágio de preparação até ao dia 27 de abril nas Açoteias, no Algarve, iniciando a viagem para a China no dia 29 de Abril, desenrolando-se a competição nos dias 5 e 6 de Maio.

Texto e fotos: António Manuel Fernandes