Sydney McLaughlin abre com recorde mundial nos 400 m barreiras

Sydney McLaughlin uma estrela a formar-se

Em plena época de clássicos nos Estados Unidos da América, vão-se produzindo bons resultados. Em Fayetteville, a prodigiosa Sydney McLaughlin (19 anos) melhorou o recorde mundial sub 20 dos 400 metros barreiras, vencendo a prova em 53,60 (melhor marca mundial do ano, também), melhorando o anterior máximo em 22 centésimos! Isto na sua primeira prova da época com barreiras.

A jovem norte-americana tem agora as cinco melhores marcas mundiais de sempre de uma atleta júnior. Vejamos:

Outro dos meetings a produzir bons resultados é o Drake Relays, onde Jenny Simpson (EUA) bateu o recorde nacional das duas milhas com 9.16,78 (aos 3000 m registou a marca de 8.43,39). No salto em altura, Vashti Cunningham passou 1,94 (e Inika McPherson saltou 1,91).

Nos 5.000 m, Karissa Schweizer fez a melhor marca mundial do ano em 5000 m (15.23,21) e no salto com vara, Sam Kendricks fez 5,83. Curiosamente, a competição tinha uma prova de exibição num centro comercial e aí Kendricks fez 5,50, atrás de Andrew Irwin, que saltou 5,60. A norte-americana Jenn Suhr, fez 4,80 no centro comercial.

A título de curiosidade, passamos para um meeting em Lubbok, no Texas, em que o indiano Tejaswin Shankar bateu o recorde nacional do salto em altura com a marca de 2,29 m. Neste mesmo meeting, nos 200 metros, brilhou um jovem nigeriano, Divine Oduduru, que é recordista nacional em pista coberta (10,28) e que agora melhorou ao ar livre para 20,15 (v: 1,0 m/s).

E porquê esta curiosidade? É que, por acaso, sabem que o nosso Francis Obikwelu ainda é o recordista absoluto dos 200 metros da Nigéria? É que o atleta do Sporting fez 19,84 no dia 25 de Agosto de 1999, nas eliminatórias do Mundial de Sevilha.