Corrida de São João mudou de margem do Douro mas mantém “martelinhos”

Corrida de São João em Gaia

 

A tradicional Corrida de São João atravessou o Douro e, este ano, corre-se em Vila Nova de Gaia, depois de largos anos a desenrolar-se numa das zonas nobres do Porto. A margem sul do rio recebe assim uma das corridas mais emblemáticas dos festejos de São João.

 

Há dias, na Conferência de Imprensa de apresentação da prova, Jorge Teixeira, director da prova, anunciou que estão inscritos atletas de 13 nacionalidades, mas que esta é uma corrida com uma linha da frente portuguesa.

O evento que celebra o santo popular nesta altura do ano com uma corrida desde 1990 apresenta um novo percurso, com partidas e chegadas na zona pedonal de Canidelo, onde milhares de participantes poderão festejar esta quadra acompanhados de martelinhos de S. João, oferecidos pela organização.

Transporte gratuito para a partida

A organização vai colocar ao dispor dos participantes autocarros gratuitos (viagem de ida e volta) da estação de metro João de Deus (El Corte Inglês) para o local de partida da prova (zona pedonal e Canidelo).

O município de Vila Nova de Gaia recebe calorosamente o evento e quer fazer parte da história desta emblemática corrida, que continuará a ter uma fantástica paisagem. A Corrida de S. João Santander vai ajudar a posicionar a cidade no calendário desportivo nacional e espera-se grande adesão da população.

Disputa leonina pela vitória

A frente da corrida está preenchida por atletas nacionais de fundo e meio-fundo. O trio leonino, José Moreira, Rui Pedro Silva e Hélder Santos, estão confirmados e a corrida de 15 km conta também com Daniel Pinheiro (Águias de Alvelos), Paulo Gomes e Artur Rodrigues, do GDC Guilhovai, Rui Muga (Clube Académico do Mogadouro), Mónica Silva (ISAG), Diana Almeida (Sporting CP), Jéssica Matos (SC Braga) e Elisabete Pereira (Recreio Desportivo de Águeda).

Rui Pedro Silva, Hélder Santos e José Moreira

Os festejos deste santo popular vão para a estrada já este domingo, dia 17 de junho, pelas 10h na zona pedonal de Canidelo.

Na Corrida de S. João ganha o João

Entre as curiosidades anunciadas pela organização na apresentação da prova, a referência é que na competição pelo santo mais representado este domingo, o João venceu com 85 atletas com o seu nome, seguido por Pedro, com 82 atletas e, por último, por António, com 76 atletas.

Aniceto Simões foi homenageado

Aniceto Silva Simões, nascido em Lorvão a 8 de setembro de 1945, é um fundista português da geração de ouro, que passou vivíssima pelos anos setenta e oitenta do século passado, e foi um internacional português que se sagrou campeão em várias distâncias de fundo e meio-fundo.

Aniceto Simões com Jorge Teixeira

No final da cerimónia, o atleta foi homenageado pela organização pelas mãos do diretor da Runporto. Aniceto Simões recordou comovido os seus tempos de atleta e deixou algumas palavras de apreço a Jorge Teixeira pelo seu gesto.

Pela primeira vez, este evento irá proporcionar aos atletas a oportunidade de espreitarem as margens do Douro do lado de Vila Nova de Gaia e festejarem esta emblemática e típica quadra numa manhã dedicada ao desporto e à saúde.

Para além da corrida de 15 km, o evento conta com uma minicorrida/caminhada de 7 km, sem fins competitivos. Os festejos deste santo popular vão para a estrada já este domingo, dia 17 de junho, pelas 10h na zona pedonal de Canidelo.

Outras informações na página oficial da prova

 

Fonte (texto e fotos): comunicação da RunPorto.com