Triatlo conquista duas medalhas de ouro nos Jogos do Mediterrâneo

Melanie Santos

O triatlo português foi a primeira modalidade a brilhar na estreia lusitana nos Jogos do Mediterrâneo, que se desenrolam na cidade de Tarragona, na Catalunha (Espanha), desde ontem e até ao dia 1 de Julho. Melanie Santos e João Pereira, triatletas do Benfica, ao serviço da selecção, foram os heróis

Primeiro foi a competição feminina, que Melanie Santos ganhou, obtendo assim a primeira medalha de ouro para Portugal. A triatleta do Benfica referiu que a prova correu muito bem, de modo muito tranquilo: «Foi uma competição muito rápida, em que me senti muito bem, saí no primeiro grupo da natação, 3º ou 4º e tentei um segmento de ciclismo forte. Depois neste segmento fiquei só eu e a triatleta espanhola.» Melanie conseguiu ser mais forte no ciclismo, de tal forma que a triatleta espanhola ficou para trás e a triatleta lusa acabou por pedalar sozinha durante metade do percurso. «Entrei na corrida já com algum avanço, estava um bocado de vento, mas senti-me bem e ganhei com alguma vantagem». A triatleta está satisfeita com os resultados, mas como as competições não param, já está com o foco na Taça do Mundo da Hungria, a sua próxima prova de qualificação.

Melanie Santos venceu com a marca de 1:04:52, seguida da espanhola Anna Godoy Contreras 01:06:34 e de Cecilia Santamaria Surroca, com 01:06:52 também de nacionalidade espanhola.

Gabriela Ribeiro em quarto lugar

Gabriela Ribeiro, do Alhandra Sporting Club, conquistou a quarta posição com 01:07:28, e ficou contente com a sua prestação. A atleta de apenas 17 anos saiu em segundo lugar da natação, mas não conseguiu acompanhar a sua compatriota Melanie – que pedalou sozinha-, posicionando-se no grupo perseguidor de ciclismo. «O ciclismo da Melanie foi agressivo, mas dei tudo por tudo, estive ali a par e passo com a terceira e fiquei em 4º que foi muito bom», conta-nos a jovem triatleta.

O campeão João Pereira

João Pereira

Na competição masculina João Pereira foi o primeiro a chegar à meta, conquistando assim a medalha de ouro. «Correu muito bem a prova, estou muito contente, principalmente depois deste interregno nas provas, voltaram as boas sensações!» O triatleta do Benfica abordou a natação com força de modo a ficar bem posicionado e fazer uma transição com calma. «O percurso de ciclismo foi duro, com adversários fortes, fiquei inserido num grupo da frente. Depois fiz a corrida com mais dois triatletas espanhóis, num percurso com duas voltas, muito plano e rolante, que iniciava contra o vento. Assim que tive oportunidade acelerei o passo e sensivelmente a 1500 metros descolei e tentei correr mais forte para passar a meta em primeiro lugar, o que acabou por acontecer». João Pereira mostrou-se muito satisfeito com a sua prestação, depois da breve interrupção para recuperar de uma lesão ligeira.

Joao Pereira venceu a prova com o tempo 00:57:28, com o espanhol Antonio Serrat Seoane em segundo com 00:57:45 e na terceira posição, também de Espanha, ficou Antonio Benito Lopez, com 00:57:57. O outro português presente, João Silva, teve que desistir no segmente de ciclismo devido a ter sido vítima de um furo na roda da bicicleta.

Jogos do Mediterrâneo

Esta é uma competição multidesportiva organizada dentro movimento olímpico, com o reconhecimento do Comité Olímpico Internacional (COI), em que participam os países banhados pelo Mediterrâneo. Apesar de Portugal não ser banhado pelo referido mar, o nosso país irá participar pela primeira vez nesta competição, representando 29 modalidades das 33 presentes. Esta competição, que terá uma duração de 10 dias, contará com a presença 4000 atletas de 26 países.

O Triatlo fez história nos Jogos Mediterrâneos ao conquistar duas medalhas de ouro e continuará até dia 1 de julho na primeira participação de Portugal nesta competição.