Manuel Dias 9º no decatlo e João Coelho azarado nos Campeonatos Mundiais de Juniores

Manuel Dias (foto FPA)

No segundo dia de provas dos Campeonatos Mundiais de Juniores, que decorrem em Tampere, na Finlândia, até ao próximo domingo, o destaque vai para o decatlonista Manuel Dias, que terminou a competição em nono lugar (exactamente como terminara o primeiro dia), com um total de 7212 pontos, muito perto do seu recorde pessoal (7256), que é a melhor marca portuguesa de sempre no ddecatlo com provas de juniores.

Depois de fechar o primeiro dia em 9º lugar com 3742 pontos, o benfiquista enfrentou a jornada da manhã com a sua melhor marca do ano nos 110 m barreiras, com 15,06 segundos (+0,5 m/s), “quebrou” um pouco no disco, ao lançar 37,64 metros, mas fez depois um bom percurso no salto com vara, passando 4,60 metros. Soma agora 5991 pontos, está em 10º lugar na prova, mas leva 16 pontos mais que o seu anterior recorde.

Durante a tarde, melhorou a sua marca no dardo, alcançando os 46,82 metros, mas os 1500 metros não o deixaram alcançar um recorde pessoal. Terminando em terceiro lugar com 4.40,25, Manuel Dias terminou a 45 pontos do seu recorde pessoal.

Por isso, muito bom desempenho do nosso compatriota.

O primeiro lugar do decatlo foi para o australiano Ashley Moloney, com 8190 pontos, um recorde dos campeonatos.

Azarado João Coelho com lesão no aquecimento

Foi também dia das eliminatórias dos 400 metros, onde se esperava a participação da revelação deste ano, João Coelho. No entanto, o atleta benfiquista sentiu uma forte dor no posterior durante o aquecimento e já nem conseguia correr mais, não se apresentando para competir.

Nesta jornada da manhã, o martelista Ruben Antunes lançou 66,01 metros, sendo nono classificado no grupo A de qualificação, mas 19º no geral. O último apurado para a final precisou de lançar acima de 68 metros.