Campeonatos Mundiais de Juniores com finais “portuguesas” no último dia

Emanuel Sousa (foto FP Atletismo)

A quinta jornada dos Campeonatos Mundiais de Juniores, em Tampere, na Finlândia, começava com a final dos 10.000 metros marcha femininos, prova em que estavam duas atletas portuguesas. Numa manhã quente, Inês Reis foi a melhor das portuguesas, em 19º lugar, com a marca de 48.51,51, perto do seu recorde pessoal, e Maria Bernardo terminou em 23º lugar, com 49.32,13.

Nesta prova, o pódio foi ocupado pela mexicana Alegna González (44.13,88), pela turca Meryem Bekmez (44.17,69), e pela equatoriana Glenda Morejón (44.19,40).

Uma nota: nas 24 primeiras classificadas, apenas quatro atletas não bateram os seus recordes pessoais (para muitas foram também recordes nacionais!), as duas chinesas e as duas portuguesas; contudo, nestas quatro atletas, à excepção de Maria Bernardo (que ficou a cerca de um minuto), as marcas alcançadas não foram muito inferiores ao seu melhor!

E, já agora, a prova masculina, também foi extremamente emotiva, com um final verdadeiramente electrizante, tendo de achar-se o vencedor nos milésimos de segundo, o que foi favorável ao chinês Yao Zhang (40.32,06), sendo atribuída a segunda posição ao equatoriano David Hurtado (40.32,06). O terceiro foi o guatemalteco José Ortiz (40.45,26).

Houve mais portugueses em competição. No lançamento do disco, Emanuel Sousa foi sétimo classificado no grupo B de qualificação, com a marca de 57,43 metros, o que lhe deu a presença na final de amanhã.

Pior sorte teve Marcelo Pereira, que foi oitavo na sua meia-final de 800 metros, com a marca de 1.57,88. Ainda assim, para além deste lugar como semi-finalista (16 primeiros), regressa a Portugal com um recorde pessoal (1.49,49) obtido nas eliminatórias.

O mesmo sucede com a velocista Catarina Lourenço, que na jornada de ontem foi sétima na sua meia-final (24,46 segundos), que também regressa a casa com um sensacional recorde pessoal de 24,03 segundos obtido nas eliminatórias.

No último dia, teremos duas finais com portugueses, o disco masculino (Emanuel Sousa) e os 1500 m femininos, para a qual Mariana Machado se apurou directamente.