Nacionais de clubes apresentados em Braga

Manuel Pacheco (presidente da AA Braga), Jorge Vieira (presidente da FPA), Ricardo Rio (presidente do Município de Braga), Maria do Sameiro (vereadora do Município de Braga) - Foto: FPA

Foi hoje apresentada em Braga, no edifício ‘Gnration’, as finais das três divisões dos nacionais de clubes, que decorrerão no fim-de-semana na pista do Estádio 1º de Maio, como o presidente da Federação Portuguesa de Atletismo, professor Jorge Vieira, a salientar uma grande “expectativa” no duelo no triplo salto entre Nelson Évora e Pedro Pichardo, no campeonato nacional de clubes, que decorre no próximo fim de semana, em Braga.

Esta disciplina, que coloca frente-a-frente Nelson Évora, saltador do Sporting, que obteve a sua melhor marca (17,74 metros) em 2007, em Osaka (Japão), e foi campeão olímpico em 2008, em Pequim (China), e Pedro Pichardo, atleta do Benfica que atingiu o recorde nacional (17,95 metros) neste ano, no ‘meeting’ de Doha (Qatar), está marcada para as 18:30 de domingo, e Jorge Vieira disse estar à espera de “um grande momento” para o atletismo.

Recorde-se que ambos se defrontarão esta sexta-feira no Mónaco, em mais um Meeting da Liga Diamante.

“Realço um dos picos de expectativas, uma prova de triplo salto ao mais alto nível internacional, em que certamente podemos ter resultados. Vamos ter em prova dois atletas com grandes objectivos: Nélson Évora tem o sonho repetido de fazer mais de 18 metros e o Pedro Pichardo quer bater o recorde do mundo”, afirmou o presidente da FPA na conferência de antevisão ao campeonato.

O duelo no triplo salto vai ser uma amostra do confronto entre ‘águias’ e ‘leões’, que, nos últimos anos, tem marcado a I Divisão do campeonato de clubes – o Benfica é heptacampeão masculino e o Sporting heptacampeão feminino -, num evento que se estende até à III Divisão e vai acolher entre 900 a 1.000 participantes, repartidos por 48 equipas.

Além das presenças de Benfica e Sporting, também o Sporting de Braga, equipa da casa, a Juventude Vidagalense, a Associação Jardim da Serra e o Estreito vão marcar presença em ambas as finais da I Divisão, com a Associação Senhora do Desterro e o Clube de Atletismo de Seia a participarem na masculina, e o Marítimo e o Grecas na feminina.

Nacional de clubes é um dos pilares do atletismo

Jorge Vieira realçou que o campeonato nacional de clubes é um dos “pilares” do atletismo em Portugal, por ser um ‘palco’ em que “toda a família do atletismo mostra a dinâmica que se faz nos clubes”, mas reconheceu que a federação está a equacionar uma mudança para um formato “mais continuado ao longo do tempo, em fracções distribuídas ao longo da época e não apenas num único fim de semana”.

“Este fim de semana e a semana que antecede a competição mudam por completo a dinâmica dos clubes. A competição coletiva mobiliza dirigentes, treinadores, famílias e atletas e encontra-se uma motivação para esta prova que não se encontra na generalidade das outras provas. Importa reflectir sobre isso”, salientou.

O responsável destacou ainda que Braga tem um estádio, o 1.º de Maio, que é um “ícone da modalidade” e “um grande historial no atletismo nacional”, algo com que o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, concordou, ao dizer que a cidade tem “um carinho muito especial pelo atletismo” e que pretende evoluir ainda mais na modalidade, num ano em que é Cidade Europeia do Desporto.

“Pretendemos mais bracarenses a praticar, seja no desporto informal, seja no plano competitivo, despertando cada vez mais a curiosidade pelas disciplinas mais técnicas e criando condições para que, nesse plano, Braga e o Sporting Clube de Braga possam ser mais ambiciosos no futuro”, disse.

Equipa da “casa” em competição

A treinadora de atletas olímpicas, como Manuela Machado e Dulce Félix, e hoje, para além de treinadora da jovem esperança Mariana Machado, também vereadora do desporto da autarquia bracarense, Sameiro Araújo, realçou, por seu turno, que o campeonato vai ser apelativo quer para os “amantes da modalidade”, com o duelo, por exemplo, entre Évora e Pichardo, quer para os menos entendidos, graças à presença do Benfica, do Sporting e do Sporting de Braga.

“Há sempre aquele despique Benfica-Sporting pelo título e um grande motivo de grande interesse para os bracarenses, pelo facto da equipa da casa, o Sporting Clube da Braga, estar com um espírito de conquista por um lugar no pódio”, disse.

As provas da I Divisão do campeonato nacional de clubes de atletismo vão decorrer entre as 20:00 e as 23:00 de sábado e entre as 17:00 e as 20:00 de domingo, no Estádio 1.º de Maio.

Mais informações na página da FPA dedicada aos campeonatos.