Benfica no pódio no Europeu de clubes de Estafeta Mista de triatlo

Benfica sobe ao pódio no Europeu de clubes (fotos António Manuel Fernandes)

A equipa de triatlo do Sport Lisboa e Benfica subiu ao pódio na edição de 2018 do Campeonato da Europa de Clubes em estafeta mista, de triatlo, que decorreu este sábado na zona de Belém, em Lisboa, junto ao Monumento dos Combatentes.

A apresentação do campeão Europeu de 2017 (foto António Manuel Fernandes)

A formação do Benfica, composta pela norte-americana Katie Zaferes, João Silva, Vera Vilaça e João Pereira, não conseguiu defender o título conquistado no ano passado em Espanha, sendo suplantada pela equipa do Poissy, de França, que reconquistou o título perdido precisamente para os encarnados.

Os franceses do Poissy, campeões europeus (foto António Manuel Fernandes)

Outra equipa francesa, o Metz, surpreendeu o Benfica no último percurso, a cabo de João Pereira, que também conheceu problemas mecânicos, apesar de ser o melhor em termos individuais.

A equipa das águias começou com a norte-americana Katie Zaferes, a segunda melhor no ranking mundial de triatlo, que terminou a sua parte da prova na frente, deixando alguma vantagem que o recém “papá” João Silva (a filha Ema, nasceu nesta madrugada), defendeu o melhor possível, embora tenha acusado algum desgaste.

Momento de transição (foto António Manuel Fernandes)

Depois foi a vez de Vera Vilaça que brilhou ao sair na frente na natação e estando também nos primeiros lugares no ciclismo, mas quebrou muito na corrida, com João Pereira a começar com grande desvantagem. O experiente atleta encarnado ainda fez um tempo intermédio abaixo de 20 minutos, mesmo com um problema mecânico na bicicleta, mas já era insuficiente para recuperar a liderança e ainda foi ultrapassado por outro atleta francês.

No final, triunfo dos franceses do Poissy, com Aurelien Raphael a cortar a meta (ele que já venceu o tritalo de Quarteira em 2016), que já levam três títulos europeus, seguidos dos compatriotas do Metz, com o Benfica a subir ao pódio.

Uma nota ainda para a formação do Olímpico de Oeiras que terminou em oitavo lugar (melhorou um lugar em relação ao ano passado), com a formação do Alhandra em 12º lugar.

Olímpico de Oeiras (foto António Manuel Fernandes)
Alhandra SC – elites (foto António Manuel Fernandes)

   

“Equipa forte a precisar de mais trabalho”, resume João Silva

No final da competição, a norte-americana Katie Zaferes estava contente, “temos uma forte equipa, senti alguma pressão por estar a estrear-me, mas dei o meu melhor e senti-me muito bem”, o mesmo acontecendo com João Silva, apesar deste ter um isto de motivação extra, por ser pai, mas também cansado, pelas horas de ansiedade à espera do nascimento. «Conseguimos chegar ao pódio que era o nosso objectivo, mas temos que trabalhar mais para voltarmos a ser campeões”, referiu.

Já Vera Vilaça estava a desfrutar da oportunidade. “Foi uma grande experiência, com este terceiro lugar estamos orgulhosos por dar mais uma medalha para o Benfica”, afirmou.

Vera Vilaça no início do ciclismo (foto António Manuel Fernandes)

O resumo foi feito por João Pereira: “Nós sentimos que era uma responsabilidade muito grande, mas tínhamos uma boa equipa e queríamos revalidar o título, mas sabíamos que seria muito complicado porque estavam aqui equipas muito fortes, com bons atletas, e que tentariam tudo para chegar ao pódio”.

“Competir em Lisboa, ou em Portugal, é competir em ‘casa’. Sentimos alguma pressão, mas é uma pressão agradável, muito positiva que nos obriga a dar o melhor. Foi muito bom estar aqui com todo este apoio, só foi pena não darmos o título, mas chegar a um pódio europeu é sempre motivo de orgulho”, concluiu João Pereira.

Para João Mascarenhas, treinador de triatlo dos encarnados, o objectivo era “vencer. Vínhamos para ganhar, sabíamos que tínhamos algumas dificuldades e montamos a estratégia para tentar suplantar esse problema, mas eles também se superaram. Subir ao pódio é sempre motivo de honra”, afirmou.

Juniores do Alhandra também no pódio

Equipa do Alhandra no pódio Europeu (foto António Manuel Fernandes)

Entretanto, na prova destinada aos atletas juniores, grande destaque para a formação do Alhandra SC que conseguiu subir ao pódio no terceiro lugar.

O conjunto alhandrense, constituído por Gabriela Ribeiro, João Queirós, Joana Oliveira e André Bôto, esteve sempre nos lugares da frente e, tal como em elites, foram surpreendidos por duas formações francesas, a de Poissy (dois títulos que levaram para casa) e a de “Les Piranhas”!
Nota ainda para o bom desempenho do Clube de Natação de Torres Novas, que terminaram em quinto lugar na prova.

Os juniores de Torres Novas (foto António Manuel Fernandes)

Principais resultados:

Estafeta Mista Elites: 1.º, Poissy Triathlon (FRA), 1:23.09 (com Leonie Periault, Anthony Pujades, Cassandre Beaugrand e Aurelien Raphael); 2.º, Metz Triathlon (FRA), 1:23.35; 3.º, SL Benfica (POR), 1:23.43 (Katie Zaferes, João Silva, Vera Vilaça e João Pereira);…; 8.º, Outsystems Olímpico de Oeiras (POR), 1:25.37; 12.º, Alhandra SC (POR), 1:27.15.
Terminaram 18 equipas.
Estafeta Mista Juniores: 1.º, Poissy Triathlon (FRA), 1:28.55; 2.º, Les Piranhas (FRA), 1:30.05; 3.º, Alhandra SC (POR), 1:30.11 (Gabriela Ribeiro, João Queirós, Joana Oliveira, André Bôto);…; 5.º Clube de Natação de Torres Novas (POR), 1:31.50.
Terminaram 10 equipas.

Resultados finais: http://scoringtriatloportugal.pt/html/