Eliud Kipchoge e Gladys Cherono Maratonistas do Ano da AIMS

Eliud Kichoge (Copyright SCC EVENTS/camera4)

A Associação Internacional de Maratonas e Corridas de Distância (AIMS) divulgou hoje que os quenianos Eliud Kipchoge e Gladys Cherono são os vencedores masculino e feminino do prémio de melhores maratonistas de 2018.

O Comité de Nomeação de Atletas da AIMS decidiu que neste período de um ano (1 outubro 2017 a 30 setembro de 2018), Eliud Kipchoge e Gladys Cherono foram os melhores na distância baseando-se nos seus resultados em grandes maratonas já que não ocorreram neste período, nem Jogos Olímpicos, nem Campeonatos Mundiais.

Kipchoge não perdeu nenhuma prova em 2018: venceu em Londres e em Berlim, aqui com o recorde mundial de 2:01:39, retirando um minuto e 18 segundos ao anterior recorde.

 

Gladys Cherono ( Copyright SCC EVENTS/photorun)

Gladys Cherono venceu em Berlin Marathon com uma melhor marca mundial do ano de 2:18:11.
Os dois atletas receberão o seu prémio na noite de sexta-feira, em Atenas (Grécia), durante a Gala da “Melhor Maratonista do Ano” da AIMS.

Cherono já confirmou a sua presença na capital grega, mas Eliud Kipchoge, que assim chegará ao seu quarto troféu consecutivo, apenas estará “presente” por mensagem de vídeo.

Já receberam este prémio, em masculinos:

2013 – Wilson Kipsang (Kenya)
2014 – Dennis Kimetto (Kenya)
2015 – Eliud Kipchoge (Kenya)
2016 – Eliud Kipchoge (Kenya)
2017 – Eliud Kipchoge (Kenya)

Já receberam este prémio, em femininos:

2013 – Edna Kiplagat (Kenya)
2014 – Florence Kiplagat (Kenya)
2015 – Mare Dibaba (Ethiopia)
2016 – Jemima Sumgong (Kenya)
2017 – Mary Keitany (Kenya)