Crosse de Torres Vedras escolhe para os europeus de corta-mato

Inês Monteiro (foto AMF)

Este fim-de-semana regressa o Crosse de Torres Vedras, que é também a 37ª edição do Cross dos Matos Velhos, a segunda competição mais antiga de Portugal nesta variante do atletismo. Num circuito de 1500 metros desenhado no Parque Verde da Várzea, o corta-mato deste ano marca o momento de seleção da equipa portuguesa da estafeta mista de 4×1500 metros nos Europeus de Corta-Mato que se realizam em Tilburg, na Holanda, a 09 de dezembro.

Assim, os dois primeiros classificados do ‘cross’ curto masculino e do feminino farão parte da primeira seleção portuguesa na estafeta mista dos campeonatos da Europa.

Emanuel Rolim, do Benfica, e Olga Serbyn, do Fátima, vencedores desta mesma distância no Cidade de Amora, estão entre os inscritos e estarão entre os favoritos para integrarem a formação das ‘quinas’ na competição em solo holandês.

Inês Monteiro em busca da quarta vitória

As restantes provas servirão de momento de observação para a escolha dos atletas que a Federação Portuguesa de Atletismo levará a Alcobendas (Espanha), para tomarem parte no Crosse das Constituição, onde serão finalizadas as restantes seleções, dos escalões de juniores e sub-23, em masculinos e femininos, e de seniores masculinos.

Prova sem elementos a selecionar é a de seniores femininos, mas o Crosse de Torres Vedras garantiu que esta seria interessante e garantiu a presença das últimas vencedoras no Oeste, a individual Ercília Machado, vencedora em 2015, e a sportinguista Inês Monteiro, primeira em 2016 e 17.

Para a atleta beirã, este poderá ser um dia histórico nesta competição, pois tentará um quarto triunfo, o que significaria ser a atleta com mais triunfos na competição, uma vez que está empatada em triunfos (três) com Aurora Cunha (esta num tri consecutivo) e Sara Moreira.

Em masculinos, há um conjunto importante de atletas que podem lutar pelo triunfo, como os sportinguistas Paulo Pinheiro (terceiro em 2017) e Andralino Furtado, o benfiquista André Pereira (segundo em 2017) e os bracarenses Hugo Almeida (segundo em 2016) e Luís Saraiva (quarto em 2017) e o vencedor na Amora.

As provas começam às 09.15 horas, no Parque Verde da Várzea, em Torres Vedras.

Regulamento e horário: https://lap2go.com/pt/event/cross-torres-vedras-2018/regulamento.html