S. Silvestre de Braga a fechar ano desportivo com “chave de ouro”

Apresentação da prova (foto Runporto.com)

Braga prepara-se para mais um grande acontecimento desportivo, recebendo no próximo domingo (16 dezembro), a partir das 19 horas, a 41ª edição da S. Silvestre de Braga, prova apresentada hoje, tendo a organização anunciado três milhares de inscritos, até ao momento, com muitos estrangeiros, de 17 países, incluídos no pelotão.

Foi no Salão Nobre do Museu Nogueira da Silva que o diretor da RunPorto, Jorge Teixeira, e o Presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, deram conta do que se movimenta com esta S. Silvestre, que pretende envolver toda a comunidade no evento, tanto na corrida e na caminhada, como para aqueles que ainda não se sentem capazes de enfrentar este desafio, apoiem os atletas ao longo do percurso.

Em termos de nomes mais conhecidos, destacam-se os portugueses Rui Pedro Silva (Sporting CP), vencedor da edição de 2016, José Moreira (Sporting CP), Daniel Pinheiro (CDS S. Salvador do Campo), Mihail Lalev (SC Braga), Carlos Costa (CDS S. Salvador do Campo) e Paulo Pereira (GDC Guilhovai), em masculinos, enquanto em femininos estarão Filomena Costa (ACD Jardim da Serra), vencedora do ano passado, Jéssica Augusto (Sporting CP) e Marta Martins, Vanessa Carvalho e Mariana Machado (SC Braga).

Recorde de participações é um objetivo

Também presente na apresentação, a Vereadora do Desporto da Câmara Municipal de Braga, professora Sameiro Araújo, revelou que o município tem o objetivo de bater o recorde de participações na prova num ano tão especial para a cidade. «Vamos fazer da S. Silvestre de Braga o último grande evento da Cidade Europeia do Desporto”, concluiu.

No final, Ricardo Rio garantiu que a prática desportiva está entranhada na maioria dos bracarenses e que estas iniciativas que valorizam a cidade são muito importantes para a comunidade.

Mais informações na página oficial da prova.