Critérios de seleção para os Europeus de Pista Coberta Glasgow 2019

Já estão disponíveis os critérios de seleção para os Campeonatos Europeus de Pista Coberta, que em 2019 se realização entre 1 e 3 de março, em Glasgow, na Escócia. Será mesmo a última grande competição em solo britânico antes do “Brexit”!

Nestes critérios, a Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) dificultou os mínimos nas provas de 60, 400, 1500 e 3000 metros e 60 metros barreiras, em ambos os sexos, mantendo a mínimo internacional nas restantes disciplinas, sendo que os atletas terão o período entre 1 de janeiro e 20 de fevereiro para alcançar as marcas pedidas. Ficam de fora as estafetas de 4×400 metros e provas combinadas sujeitas aos convites da AEA com base nos rankings.

Tomando como referência os resultados alcançados em 2018, teríamos dez atletas em Glasgow (sete masculinos e três femininos): Ancuain Lopes (6,65, melhor marca em pista coberta em 2018) e Carlos Nascimento (6,66) nos 60 metros; Ricardo dos Santos (47,14), nos 400 metros; Emanuel Rolim (3.44.38), nos 1.500 metros; Rasul Dabo (7,81), nos 60 m barreiras; Nelson Évora (17.40), no triplo-salto; e Tsanko Arnaudov (20,50), no peso; Lorene Bazolo (7,27), nos 60 metros; Cátia Azevedo (53,13), nos 400 metros; e Marta Pen, nos 800 m (2.00,85) e 3000 metros (9.03.18).

Ficam aqui os mínimos pedidos:

Mais informações, na página da FPA.