Salomé Afonso (ouro) e João Coelho (prata) medalhados nos Campeonatos do Mediterrâneo

Salomé Afonso (foto de arquivo de Marcelino Almeida)

A comitiva portuguesa que esteve presente em Miramas, na França, na primeira edição dos Campeonatos do Mediterrâneo de Atletismo para atletas sub23 em pista coberta, regressa ao nosso país com duas medalhas, uma de ouro, por Salomé Afonso, nos 800 metros, outra de prata, por João Coelho, nos 400 metros.

A atleta sportinguista participou nos 800 metros e venceu a final, com a marca de 2.08,18 minutos, à frente da marroquina Khadija Benkassem (2.08,88), sendo esta a sua segunda melhor marca, depois dos 2.07,40 do seu recorde pessoal.

A medalha de prata chegou nos 400 metros, por João Coelho, com a marca de 48,15 segundos, um recorde pessoal em pista coberta, sendo o vencedor o argelino Slimane Moula (48,03). De manhã, o benfiquista venceu uma das meias-finais da prova com a marca de 48,18, também recorde pessoal.

Fora das medalhas ficou Frederico Curvelo. Na final dos 60 metros, o atleta do Benfica correu em 6,81 segundos (ficou a dois centésimos do seu melhor), terminando em quarto lugar numa prova que conheceu como vencedor o francês Viktor Contaret (6,78). Antes, Curvelo tinha conseguido ser segundo na sua meia-final com 6,82 segundos.

Outro elemento da equipa, José Carlos Pinto, do Benfica, foi quinto classificado nos 800 metros, registando a marca de 1.52,13, numa prova em que o vencedor foi o espanhol Pablo Sanchez Valladares (1.50,12).

A França, país organizador, conquistou 20 medalhas (6 de ouro, 6 de prata, 8 de bronze), seguindo-se a Espanha (8 medalhas, 4-2-2), a Grécia (4 medalhas, 3-0-1), a Croácia (3 medalhas, 1-1-1) e Portugal (2 medalhas, 1-1-0).

Resultados oficiais na página da Federação Francesa