Dulce Félix quinta no cross Cinque Mulini

Dulce Félix (arquivo, foto SL Benfica)

A portuguesa Dulce Félix correu hoje no Cross Internacional “Conque Mulini”, que registou a sua 87ª edição e que tem a particularidade de o percurso atravessar mesmo os moinhos que dão nome à prova.

A benfiquista terminou em quinto lugar, correndo os cerca de 6 km em 18.38 minutos, ficando a menos de um minuto da vencedora, Winfred Mutile Yavi, do Bahrain (17.50), com a etíope Feysa Anbesa em segundo lugar (17.58) e com a jovem queniana Gloria Kite em terceiro (18.00). Antes de Dulce Félix ainda terminou a jovem italiana Nadia Battocletti (18.33), recém-coroada campeão europeia sub20 e corta-mato.

Já na prova masculina (cerca de 11 km), o final foi emocionante com dois atletas a terminarem com o mesmo tempo: o queniano Jairus Birech e o ugandês Albert Chemutai (ambos com 33.05). O terceiro foi o etíope Getnet Wale (33.08).

Lorene Bazolo no Meeting de Paris

Entretanto, na tarde de hoje, Lorene Bazolo voltou a competir, agora no meeting de Paris, sendo quinta classificada numa das eliminatórias, com a marca de 7,46 segundos. Na final, duas atletas terminaram com a mesma marca (7,24 segundos), tendo sido atribuída a vitória a Orlann Ombissa-Dzangue sendo segundo a suíça Mujinga Kambudji. Em masculinos, o vencedor foi o costa-marfinense Arthur-Gue Cisse a vencer em 6,60 segundos.

Nos 60 metros barreiras, triunfo do espanhol Orlando Ortega (7,63 segundos), na prova masculina, enquanto em femininos triunfou a croata Andrea Ivancevic (8,07).

Passando aos saltos, no triplo salto, Hugues-Fabrice Zongo, do Burkina, venceu com um salto de 17,58 metros (recorde de África) derrotando o cubano Jordan Díaz (16.58); enquanto no salto com vara, o venceu o norte-americano Sam Kendricks (5,84).