As qualificações de Rolim e Rosário para Glasgow 2019 e o recorde de Mariana

Paulo Rosário (foto RFEA, arquivo)

Com milhares de quilómetros entre os dois, mas sensivelmente à mesma hora, Emanuel Rolim e Paulo Rosário conseguiram a marca de qualificação para os Europeus de Pista Coberta de Glasgow 2019.

O atleta do Benfica aproveitou o excelente “comboio” da prova de 1500 metros Meeting de Torun (Polónia), que faz parte do Circuito da IAAF, passou por algumas dificuldades, mas conseguiu ainda terminar em 7º lugar com a marca de 3.43,38 minutos, numa prova em que o vencedor foi o campeão mundial de pista coberta, o etíope Samuel Tefera, com 3.35,57 (recorde pessoal e melhor marca mundial do ano), derrotando o polaco Marcin Lewandowski, que fez 3.36,50, recorde nacional da Polónia.

Nas restantes provas, destaque para o triunfo de Orlando Ortega, de Espanha, nos 60 metros barreiras (7,49 segundos), igualando a melhor marca mundial do ano (quinta vitória em cinco provas!); para o triunfo da líder mundial do ano nos 60 metros, a polaca Ewa Swoboda, com 7,15 segundos, à frente da vice-campeã mundial de 100 e 200 metros, a costa-marfinense Marie Josée Ta Lou (7,16 segundos); o despique nos 800 metros, com a etíope Habitu Alemu, (1.59,49 minutos) a derrotar a britânica Laura Muir (1.59,50m).

A tarde gloriosa de Sabadell

Na Catalunha, no meeting da região, realizado em Sabadell (Barcelona), o sportinguista Paulo Rosário também se qualificou para os Europeus e “roubou” a liderança anual ao benfiquista, ao correr os 1500 metros em 3.43,37 minutos (sétimo classificado), numa prova em que o vencedor foi o espanhol Kevin Lopez (3.41,90m).

Mas a noite ainda estava para brilhar e numa corrida de 1.500 metros, com um ritmo diabólico imposto pela recordista mundial, a etíope Genzebe Dibaba, que venceu com o tempo de 3.59,08 minutos, a júnior Mariana Machado, do Sporting de Braga, terminou em 10º lugar, com a marca de 4.22,01 minutos, um recorde nacional de juniores, que supera em mais de dois segundos o anterior máximo (4.24,4), que pertencia a Fernanda Ribeiro, desde 19 de março de 1988! Um recorde que durava há mais de 30 anos!

No mesmo meeting, a sportinguista Yariadmis Argueles venceu o salto em comprimento com a marca de 6,06 metros, enquanto Shaina Mags, do Sporting de Braga, foi terceira com a marca de 5,79 metros.

Os qualificados para Glasgow 2019

A escassos dois dias dos Campeonatos de Portugal, são oito os atletas que obtiveram marcas de qualificação para os Campeonatos Europeus de Glasgow 2019, que terão lugar entre 1 e 3 de março.

Vejamos o quadro dos que obtiveram qualificação, e nas notas os que estão mais perto (mas há alguns, que estando mais longe, têm valor para chegar à qualificação):