Sara Moreira e Catarina Ribeiro não terminam maratona

Catarina Ribeiro e Sara Moreira antes da última volta (Monforte 2018)

Competindo em provas diferentes, as sportinguistas Sara Moreira e Catarina Ribeiro não conseguiram completar as maratonas de Roterdão e Viena, respetivamente.

Sara competiu em Roterdão e parou após os 18 km, não se sentindo minimamente na corrida, preferindo outra solução, numa prova em que triunfou a etíope Ashete Bekere, em 2:22.25 horas. Em masculinos, registo para o recorde da prova, conseguido pelo queniano Marius Kepseren que terminou em 2:04.11, um novo recorde da prova, que supera o anterior (2:04.27), que pertencia ao queniano Duncan Kibet desde 2009.

Já Catarina Ribeiro, desistiu ao quilómetro 27, com problemas musculares, ressentindo-se do muito frio que se fazia sentir em Viena.

Venceram a prova os quenianos Vincent Kipchumba (2:06.56) e Nancy Kiprop (2:22.12), esta pela terceira vez consecutiva.

Uma nota para o facto do melhor português ter sido o empresário Hugo Sousa (3:02.07), numa prova que os vencedores do Arrábida Challenge, Samuel Castela (3:06.51) e Ana Filipa Castela (3:25.50), também terminaram.