Definidas as três divisões dos Nacionais de Clubes

As classificações coletivas do apuramento para as finais (I, II e III divisões) dos Nacionais de Clubes, que se realizarão em Leiria, em 27 e 28 de julho, embora ainda provisórias, já permitem tem um quadro aproximado final.
Em termos de participações, na divisão principal, em masculinos apenas se regista a entrada da formação do Água de Pena, da Madeira, por troca com o Senhora do Desterro, que “cai” para a terceira divisão. Em femininos, a troca é entre o Eirense, segundo na divisão 2 em 2018, agora no escalão principal, enquanto o Marítimo estará na divisão secundária.
Na divisão secundária, em masculinos, registe-se a entrada do AC Póvoa de Varzim (campeão da 3ª divisão em 2018), por troca com o Campismo S. J. Madeira, que não estará em nenhuma final. Em femininos, o JOMA “desaparece” das finais, entrando as madeirenses do Água de Pena e o Oliveira do Douro.
A terceira divisão é a que tem maiores mexidas em relação ao ano passado, “desaparecendo”, em masculinos, Vermoil e CD Póvoa, entrando Sobral de Ceira, Bela Vista e Oliveira do Douro. Em femininos, “saem” Fundação Salesianos, Lavra e Vermoil, regressando o Pechão, Mazarefe e Donas, acompanhados do Pedro Pessoa – Escola de Atletismo.
Mais informação na página dos Nacionais de Clubes na FPA.

Resumo da primeira jornada

Resumo da segunda jornada

 

Fonte: comunicação da FPA