Meia Maratona com grupo de elite mundial

Ostentando o selo de ouro da IAAF (Associação internacional das Federações de atletismo), a LUSO MEIA MARATONA DE LISBOA, cuja emblemática partida de massas se realizará na Ponte Vasco da Gama, voltará a contar com um excelente lote de atletas de elite, que terão a sua partida na zona do parque das Nações, convergindo depois o percurso para uma chegada na Praça do Comércio, encontrando então a prova de maratona.

Entre os nomes a ter em conta para esta prova dourada, estará o queniano Jorum Okombo (58.48), quarto classificado na maratona do Dubai (2018), detentor do melhor recorde pessoal entre os concorrentes, e um dos favoritos a bater o recorde da prova, de 1:00.13 horas, que foi estabelecido pelo marroquino Mustapha El Aziz, no ano passado.

O eritreu Amanuel Mesel (60.10), terceiro no ano passado, em Lisboa, e sétimo no mundial de meia maratona (2018), é um dos mais sérios adversários do queniano, tendo de juntar-se-lhes ainda os ugandeses Thomas Ayeko (60.26), sétimo no mundial de corta-mato de 2019, e Daniel Rotich (60.59), segundo na meia maratona de Incheon (2018).

No que concerne a atletas portugueses, destaque para Hermano Ferreira (61.24).

Peres Jepchirchir favorita em femininos e a presença de Jessica Augusto

Entre as mulheres, o destaque vai para a queniana Peres Jepchirchir, que em 2017 venceu a meia maratona do Dubai em 65.06 minutos, então recorde mundial na distância (e que este ano voltou a vencer a competição).

A principal oposição surgirá da vencedora em Lisboa no ano passado, a etíope Yebrgual Melese Arage (67.18), atual recordista do percurso.
Contudo, não de ficam por aqui os nomes de vulto, contando-se várias atletas com recordes pessoais abaixo de 1h10 minutos, como as quenianas Vivian Kiplagat (69,05), vencedora da maratona de Milão em 2019, Dorcas Kimeli (68.19), vencedora da meia maratona de Venlo (2019), e Monica Jepkoech (69.12), sexta na maratona de Nagoya 2019; a etíope Waganesh Amare (68.48), quarta classificada na maratona do Dubai 2019; e a sul-africana Dimakatso Gleenrose Xaba (69.40).

Entre as portuguesas, destaque para as sportinguistas Catarina Ribeiro (71.09), Jessica Augusto (69.08) e Susana Francisco (77.08) e para a atleta do Estreito, Cátia Santos (76.46).

 

Fonte: comunicação do Maratona C.P.