Yulimar Rojas bate recorde mundial do triplo-salto

Yulimar Rojas

O dia de Atletismo já tinha arrancado da melhor forma, com a notícia da queda do recorde mundial feminino da Meia-Maratona em Ras Al Khaimah pela etíope Ababel Yeshaneh em 1:04:31, mas as grandes marcas não ficariam por aí.

Para Madrid estava marcada a última reunião da edição 2020 da World Athletics Indoor Tour, que consagraria vencedores globais do circuito e que trazia também o atrativo de reunir – em muitos casos, pela última vez este ano – grandes estrelas da modalidade em ambiente de pista coberta. E aí foi a vez de Yulimar Rojas dar o seu espetáculo particular.

A venezuelana, de 24 anos, mostrou trazer para 2020 as boas sensações da temporada passada e saltou hoje 15.43 metros no Triplo Salto, marca que é um novo recorde pessoal absoluto para a atleta e, mais importante ainda, um novo recorde mundial em pista coberta. A marca supera, assim, o anterior máximo que pertencia à russa Tatyana Lebedeva, que, em 2004, saltou 15.36 metros em Budapeste. Yulimar – que tinha como melhor em pista coberta 15.03 metros feitos na única prova antes desta em 2020 – conseguiu este salto na última tentativa num concurso em que a portuguesa Patrícia Mamona foi 3ª, com um melhor salto a 14.28 metros e a também portuguesa Susana Costa foi 6ª ao saltar 13.85 metros.

Vários recordes do meeting

Além da marca de Yulimar Rojas, o meeting de Madrid teve um bom nível no geral, com a queda de sete outros recordes de competição. Nos homens, o norte-americano Ronnie Baker igualou a 2ª melhor marca deste ano, ao correr os 60 metros em 6.44 segundos. O britânico Andrew Pozzi correu em 7.48 segundos para vencer os 60 barreiras, enquanto o queniano Kipruto provou o favoritismo nos 800 metros, em 1:46.09. O croata Mihajlevic voltou a mostrar que está pronto para um exigente 2020 no Peso ao chegar aos 21.74 metros e Juan Miguel Echevarría chegou aos 8.33 metros logo no primeiro salto do Comprimento e melhorou para 8.41 no último ensaio, mostrando que quer esquecer a desilusão dos Mundiais de Doha.

Clemons bateu Ali nos 60 barreiras

Já no feminino, a etíope Gudaf Tsegay voltou a bater um recorde de meeting nesta temporada (4:04.66 nos 1.500), enquanto nas barreiras, a norte-americana Christina Clemons surpreendeu e bateu a campeão mundial ao ar livre, correndo os 60 metros com barreiras em 7.82 segundos, sua melhor marca do ano e também recorde do meeting.

Além dos recordes, destaque ainda para uns muito emocionantes 3.000 metros, onde o etíope Getnet Wale voltou a bater o seu compatriota Selemon Barega, numa chegada a três à meta (o queniano Bethwel Birgen foi 2º).

Portugueses em destaque

A proximidade geográfica permitiu também a presença de muitos portugueses no meeting de Madrid e existem bons resultados a destacar, além das jás referidas presenças no Triplo feminino. Yazaldes Nascimento marcou presença nos 60 metros, tendo sido 6º da sua série, com uma marca de 6.76 metros e, no Peso, Francisco Belo ficou-se pelos 19.90 metros na 7ª posição, ao passo que Nelson Évora fez três nulos no Triplo.

Já no que diz respeito às mulheres, Cátia Azevedo foi 5ª nos 400 metros, batendo o seu recorde pessoal em pista coberta (53.10), enquanto que nos 1.500 metros, Mariana Machado voltou a mostrar a sua rápida evolução, ao correr em 4:12.52 (9º lugar), uma marca que a coloca como a 2ª melhor sub-23 da história nacional.

Todos os vencedores do Meeting de Madrid
Masculino
60 metros: Ronnie Baker (USA), 6.44 MR
400 metros: Samuel Garcia (ESP), 46.39
800 metros: Collins Kipruto (KEN), 1:46.09 MR
3.000 metros: Getnet Wale (ETH), 7:39.96
60 metros barreiras: Andrew Pozzi (GBR), 7.48 MR
Salto com Vara: Konstadinos Filippidis (GRE), 5.60 metros
Salto em Comprimento: Juan Miguel Echevarría (CUB), 8.41 metros MR
Triplo Salto: Fabrice Hugues Zango (BUR), 17.31 metros
Lançamento do Peso: Filip Mihajlevic (CRO), 21.74 metros MR

Feminino
400 metros: Justyna Swiety-Ersetic (POL), 51.93
1.500 metros: Gudaf Tsegay (ETH), 4:04.66 MR
60 metros barreiras: Christina Clemons (USA), 7.82 MR
Triplo Salto: Yulimar Rojas (VEN), 15.43 metros WR