Irmão carteiro entrega medalha especial a Eilidh Doyle

Tendo dado à luz recentemente, a escocesa Eilidh Doyle (nome de solteira Child) sabia que o ano de 2020 não lhe traria medalhas, mas enganou-se…

Há algumas semanas, o seu irmão, Jamie Child, que é carteiro em Kinross-shire, onde vive a escocesa, era portador de um pacote inesperado, que nada tinha a ver com contas ou extratos bancários normais: lá dentro vinha a medalha de prata correspondente à prova de estafeta de 4×400 metros referente aos Mundiais de Moscovo de 2013!

Doyle já conquistara o bronze na competição, mas a equipa da Grã-Bretanha e da Irlanda do Norte – que também contou com Shana Cox, Margaret Adeoye e Christine Ohuruogu – foi atualizada para o segundo lugar depois de uma violação de doping por uma corredora da estafeta da Rússia (então segunda classificada).

“A medalha de prata do Mundial de Moscovo 2013, que chegou pelo correio no início deste ano, foi um momento especial”, atleta. “Passaram apenas quatro semanas depois do nascimento de Campbell e eu pensava que provavelmente não ganharia medalhas em 2020! Sabia que o resultado havia sido alterado, mas não havia nenhuma notificação de que a medalha estava a caminho. Então surgiu do nada! E nem tive uma mensagem a pedir o bronze de volta.”

Elilidh recorda com humor o momento em que o seu irmão carteiro lhe entregou o correio: “Acho que este pacote pode trazer uma medalha”, disse.

A finalizar, a escocesa afirma que espera não ter de devolver a medalha original, devido ao seu valor sentimental. “Eu teria sentimentos confusos se fosse solicitada a devolver o bronze”, disse, acrescentando: “Foi a minha primeira medalha global em campeonatos ao ar livre – depois de ter me saído bem no Europeu indoor no início daquele ano”.

Sobre o “atraso” da medalha, «Nós ganhamos essa. Limpa. É tardio, é claro que é, mas é necessário continuar a corrigir os erros. Vi Lee McConnell e Nicola Sanders recebendo medalhas re-alocadas em apresentações especiais como uma no Estádio de Londres e em Glasgow 2019 e os seus filhos puderam aproveitar o momento com eles. A minha chegou pelo correio, anonimamente…”.