22 mil mulheres na EDP Corrida da Mulher no Porto

Corrida da Mulher Porto

22 mil mulheres participaram, cheias de energia e de força, e deixaram a sua marca, num dia histórico por uma causa tão importante. Prevenir o cancro da mama é o mote deste evento ano após ano, que nesta edição trouxe ainda mais mulheres para as ruas da cidade do Porto.

Depois dos recordes dos últimos anos, com vinte mil participantes, a edição de 2018 fica assim marcada por um novo recorde de participação, que se consubstanciou igualmente na angariação de vinte e dois mil euros para o IPO do Porto.

Novo percurso preenchido de rosa

Como é habitual, um mar rosa preencheu as artérias da cidade do Porto, com a EDP Corrida da Mulher a apresentar-se este ano com um novo percurso, com partida e chegada na Alameda das Antas.

A vereadora do Pelouro da Juventude e do Desporto da Câmara Municipal do Porto deu o tiro de partida para o que seria uma onda rosa que lentamente foi evoluindo para a cidade Invicta, com uma animação e alegria contagiantes.

A madrinha da prova Jéssica Augusto juntou-se às vinte e duas mil mulheres e caminhou também por uma causa tão importante que nunca é demais deixar de ser referida, a prevenção cada vez mais precoce do cancro da mama.

Mónica Silva vence pela 2ª vez

Em pouco menos de vinte minutos, algumas das atletas de elite que participaram nesta prova cortaram a linha de meta. Mónica Silva (ISAG) chegou em primeiro lugar com 17m09s, seguida por Marta Martins, do SC Braga, com 17m38s e de Patrícia Oliveira do Grecas, com o tempo de 17m55s.

A liderança

Os 5 km da EDP Corrida da Mulher são acima de tudo 5 km de solidariedade, hoje reforçada com 22.000 mil mulheres.

Também associada a este evento, está a decorrer uma ação de doação de sangue com o lema “Salve uma vida, dê sangue no IPO – Porto”. O IPO-Porto está a promover esta campanha que apela à dádiva de sangue.

Esta é uma Corrida da Mulher e não há melhor que três mulheres para entregar os prémios às três primeiras classificadas. Helena Ballestero da Skechers, Teresa Loreto da EDP e Catarina Araújo Vereadora da Câmara Municipal do Porto participaram na cerimónia de pódio.

22.000€ reverteram para o IPO do Porto

O momento mais importante do dia foi a entrega do cheque ao IPO-Porto, de 22.000 euros, pela EDP e pelas magníficas vinte e duas mil mulheres.

A entrega do cheque teve a participação do Diretor da Runporto Jorge Teixeira, do apresentador de televisão Jorge Gabriel, de Vitor Dias do Instituto Português do Desporto e Juventude, da madrinha da prova Jéssica Augusto, de Helena Ballestero da Skechers, de Teresa Loreto da EDP, patrocinador principal da Corrida da Mulher, e de Catarina Araújo Vereadora do Pelouro da Juventude e Desporto da Câmara Municipal do Porto.

Dr. Laranja Pontes, presidente do Conselho de Administração do IPO-Porto, recebeu assim o cheque solidário, resultado de uma enorme participação, de uma festa enorme, de um espírito e força de milhares de mulheres.

Virgul fez parte da festa

Foi assim esta festa da 13ª edição da EDP Corrida da Mulher. Do início ao fim, desde bem cedo até perto da hora do almoço, com muita animação em todo o percurso, a culminar na atuação fantástica de Virgul.

Depois de um novo recorde de participação, talvez seja o momento de pensar em bater um novo recorde em 2019. Prevenir e ajudar de forma solidária são as ideias centrais deste evento e assim serão certamente na 14ª edição da EDP Corrida da Mulher.

Resultados completos na página da prova.

Fonte (texto e fotos): gabinete de imprensa da RunPorto.com